Devocional #019 – Andando humildemente

Provérbios 3.7-8

Não seja sábio aos seus próprios olhos; tema ao Senhor e evite o mal.
Isso lhe dará saúde ao corpo e vigor aos ossos.

NVI

Algo que gosto de ressaltar no texto de hoje é que devemos interpretá-lo com prudência. Não devemos ser sábios aos nossos “próprios olhos” (NVI), mas isso não significa assumir uma falsa modéstia. Devemos reconhecer sim a sabedoria que o Senhor nos concedeu, porém com humildade, entendendo que isso não vem de nós mesmos.

Isso também faz parte do propósito de Deus para cada um de nós. Conforme nos desenvolvemos no lugar para onde Deus nos chamou, a tendência é que cresçamos nos dons que ele nos deu e que o nosso trabalho seja frutífero. Com isso, é natural que surjam elogios, e não precisamos negá-los. No entanto, também não podemos nos apegar a eles nem à glória que possamos alcançar pelo trabalho que realizamos.

Em suma, devemos sempre lembrar que servimos a Deus, a quem deve-se toda a glória pelo que fazemos de bom. Ainda, devemos lembrar que por mais que alcancemos certa medida de sabedoria, sempre haverá aspectos em que precisaremos nos desenvolver.

Por outro lado, continuando o v. 7, novamente vemos a instrução ao temor do Senhor. Já trabalhamos essa questão em outros devocionais, sempre lembrando que não se trata de um medo (apenas), mas de uma reverência diante de quem Deus é e de quem nós somos. Isso também me lembra que, muitas vezes, quando questionamos a Deus é porque perdemos de vista esse temor, já que estamos ignorando a sua justiça perfeita com essa indagação .

Em seguida no texto, vemos o resultado de tudo isso: “saúde ao corpo e vigor aos ossos” (NVI). Também já vimos em outro devocional que, embora possamos entender isso como uma promessa, há exceções. Ou seja, não é porque alguém não tem saúde que essa pessoa não teme a Deus ou o desobedece. Devemos lembrar que Deus tem os seus propósitos com cada pessoa. No entanto, fica claro que a obediência a Deus trará benefícios também à nossa saúde física.

Comentários