Devocional #014 – Quando a tentação aparece

Provérbios 2.16-19

Ela também o livrará da mulher imoral, da pervertida que seduz com suas palavras, que abandona aquele que desde a juventude foi seu companheiro e ignora a aliança que fez diante de Deus.
Ela se dirige para morte, que é a sua casa, e os seus caminhos levam às sombras.
Os que a ela procuram jamais voltarão, nem tornarão a encontrar as veredas da vida.

NVI

A passagem de hoje fala de um dos benefícios da sabedoria: não ser seduzido por maior que seja a tentação. Claramente, o exemplo da passagem visa a instrução de um homem jovem e solteiro, que pode ter como uma das maiores dificuldades a tentação sexual. Assim, o autor descreve uma mulher adúltera como o exemplo típico de tentação que os seus interlocutores podem enfrentar.

Muitos de nós — uma mulher, por exemplo — podem ter dificuldade em se identificar com o perigo dessa situação. Contudo, podemos aplicar o que é dito àquilo que é mais tentador para nós. A sabedoria nos capacita a colocar o conhecimento de Deus em prática e fugir dessas situações.

Podemos ser ajudados nesses momentos de tentação, principalmente, se pensarmos na eternidade. Se compreendermos a futilidade do prazer terreno e momentâneo diante do prazer que Deus nos oferece eternamente, seremos fortalecidos. A sabedoria do alto, em momento difíceis, nos permite comparar esses dois caminhos. Então, qual será a nossa escolha?

Não importa o quanto abriremos mão de prazeres aqui na terra, isso não se compara ao que Cristo nos oferece gratuitamente. Podemos lembrar da parábola do tesouro escondido: quando alguém o encontra, vende tudo o que tem, pois percebe o valor do tesouro (Mt 13.44). Não podemos ignorar a nossa herança eterna por coisas tão pequenas (cf. Hb 12.16).

Quando vivemos em busca do prazer momentâneo, entramos em um ciclo sem fim. Nunca estaremos satisfeitos. A consumação do prazer é seguida pela culpa, da qual segue um novo vazio que precisa ser preenchido. Em Deus, entretanto, temos a plena satisfação. Pela fé, podemos descansar sabendo que ele tem reservado para nós tudo o que precisamos — e muito mais do que podemos imaginar.

Comentários