VNBCAST 09 – O que é o Marxismo Cultural?

“O termo MARXISMO CULTURAL vem sendo cada vez mais usado para definir um marxismo diferente daquele que tornou a Rússia e a China verdadeiros infernos na terra. E embora ele seja aparentemente mais brando em sua fase de implantação, não é por isso inofensivo. Ao contrário, devido a sua natureza mais abrangente, se tornará ainda mais totalitário quando chegar a sua fase final.”

Esse é o trecho inicial do livro do professor Eguinaldo Hélio “MARXISMO SELVAGEM”. Nesse VNBCAST conversamos um pouco sobre o tema que é tão relevante quanto desconhecido da maioria dos cristão.

Clique aqui para adquirir o livro MARXISMO SELVAGEM.


Seja Membro do nosso Canal no YouTube

E tenha acesso a conteúdos exclusivos!


Siga o VnBcast no Spotify e no Deezer.

Links importantes:

APOIEAssine nossa NEWSLETTERSiga-nos no TELEGRAMEntre no DISCORD


Feed do VnBcast

vnbc.me/vnbfeed

Comentários

  • Milton JB Sobreiro
    Responder

    Qualquer tipo de governo autoritário ou totalitário é ruim para o povo, não concordo com a ditadura, seja ela de direita ou de esquerda. Mas isso não faz com que eu defenda o sistema capitalista que, por definição, é o sistema econômico da acumulação de riquezas e defesa da propriedade privada dos meios de produção. Se pegamos a parte ‘A’ da definição, e se temos algum conhecimento rudimentar sobre a produção de riquezas, sabemos que estas são finitas, logo, para que alguém acumule, muitos deverão não ter. A acumulação de riquezas vai contra o texto bíblico, que é muito claro, em Mt 6:19, quando o próprio Jesus nos alerta: ‘Não acumuleis para vós tesouros sobre a terra, onde a traça e a ferrugem corroem e onde os ladrões escavam e roubam; mas ajuntai para vós outros tesouros no céu, onde traça nem ferrugem corrói, e onde ladrões não escavam, nem roubam’. Também temos o exemplo do jovem rico, instruído a vender todos os seus bens e distribuir aos pobres, ou Zaqueu que viu salvação em sua casa ao declarar que devolveria tudo o que acumulou.

  • Milton JB Sobreiro
    Responder

    O que me assusta é que o capitalismo demoniza a justiça social, alicerce do cristianismo. Não consigo conceber um cristão, que se diz discípulo de Jesus, apoiar um sistema tão nocivo à maioria mais pobre da população, esquecendo que Jesus nos falou que a cada vez que alimentarmos, vestirmos, enfim, cuidarmos dos seus pequeninos, estaríamos fazendo à Ele. Não cuidar dos pequeninos, abandonar a pobreza à pobreza, é virar as costas ao próprio Cristo. Não lutarmos para derrubar este sistema elitista é aceitar a exploração dos pequeninos de Jesus. Cristão, de verdade, não aceita este tipo de tratamento.

  • Marciorm
    Responder

    Vocês afirmaram no texto acima que o marxismo na Rússia e na China foram um verdadeiro inferno na terra. Por outro lado, Hitler em um de seus livros, especificamente o livro Minha Luta, ele afirma que um de seus objetivos na Segunda Guerra Mundial era vencer a Segunda Guerra Mundial e outro objetivo era acabar com o Comunismo no mundo. Enfim, Hitler fundou um partido socialista de direita na Alemanha e o resto da história todo mundo conhece bem, cometeu um genocídio com o povo Judeu. A dúvida é, quem fez da terra um verdadeiro inferno?